quinta-feira, 24 de maio de 2018

O dia nacional do cigano e de Santa Sara Kali











Os dias 24 e 25 de maio, são duas datas importantes para o povo cigano.
O dia de Santa Sara Kali, que é comemorado em todo mundo respectivamente em 24 e 25 maio.
 No Brasil foi feita uma lei tornando oficial o dia nacional do povo cigano, através de um decreto instituído pelo presidente Luiz Ignácio da Silva em 25 de maio de 2006,  porém tendo somente sua primeira comemoração em 24 de maio de 2007.
Houve o lançamento de um carimbo, e um selo cigano pelas ECT (Empresas Brasileiras de Correios e Telégrafos).
Anunciou-se também uma Cartilha de Direitos da Etnia Cigana, incluindo todas as suas diferentes etnias, e também as nômades do norte da Índia.
Santa Sara Kali, é a padroeira dos ciganos e homenagens á esta única santa cigana, são feitas em vários locais do mundo, e em especial em Saintes Maries de La Mer, no sul da França.
Na Igreja Notre Dame de La Mer, existe uma cripta onde estariam seus ossos.
No mesmo local há sua imagem, a qual os devotos depositam lenços, como forma de agradecimento aos pedidos concretizados de amor e gravidez.
Desejo a todo povo cigano muitas energias de luz, hoje e sempre, e agradeço a sua sabedoria e força.
Um excelente fim de semana a todos.
Abração com carinho
Elza Ghetti Zerbatto

Optchá!







Para quem quiser ouvir a linda oração de Santa Sara Kali, basta clicar no link do You Tube e será direcionado:
https://www.youtube.com/watch?v=1Vzh8HI_TcY&t=23s


Imagem Santa Sarah Kali:  https:br.pinterest.com

Fontes de pesquisa:
http://www.amambainoticias.com.br

sexta-feira, 18 de maio de 2018

O simbolismo das cores para os ciganos














Bom dia!

O povo cigano é muito conhecido em seu vestuário,  por usar cores fortes, alegres e vibrantes.
No entanto o poder das cores vai além da vestimenta, sendo usado também nas áreas ritualística e espiritual.
Falaremos então sobre o simbolismo e utilização das cores.
Preto - não apreciada pelos ciganos por ser associada ao caos, inércia e o luto.
Branco - paz, pureza, união.
Verde - calmante, saúde, limpeza, prosperidade.
Azul - harmonia, tranquilidade, espiritualidade.
Vermelho - paixão, vigor, sexualidade, vida, impulsividade.
Amarelo - ligada ao intelecto, estudos, comunicação, prosperidade.
Lilás - espiritualidade, intuição, transmutação.
Laranja - alegria, sucesso, motivação, criatividade.
Marrom - conexão com a terra e a parte material da vida.
Rosa - sentimentos de amor, sensibilidade, sutileza.

Elza Ghetti Zerbatto

Desejando a todos um excelente fim de semana.

Optchá!




imagem: http://mimosdaalmacigana.blogspot.com.br



segunda-feira, 7 de maio de 2018

A mulher e mãe na sociedade cigana























Bom dia!
Como está se aproximando o dia das mães, vamos falar um pouco sobre as mães ciganas.
Na sociedade cigana a mulher casa-se, muito precocemente por volta dos 13 ou 14 anos, tendo filhos na mais tenra idade.
Para as ciganas ser mãe é motivo de honra, e também dá um certo status dentro  de sua sociedade.
A mulher é responsável pela educação dos filhos, e também por cuidar da casa e dos mais idosos.
Cabe á ela, transmitir os todos os valores aprendidos  aos seus descendentes.
Cada criança que nasce é comemorada com muita alegria, e vista como uma continuação da etnia cigana.
Para uma mulher cigana o fato não ter filhos, é visto como algo muito ruim e considerado uma praga.
As mulheres quando estão menstruadas, não podem sequer cozinhar, ou até mesmo dormir com os maridos, pois este período é visto como de impureza.O que ela tocar se tornará impuro.
Quando as ciganas preparam a comida, ela devem estar descalças,  porque o contato com a terra, absorve as energias negativas e também as tira.
Existe uma lenda e costume cigano, que deve-se dar ao bebê recém-nascido, um par de sapatinhos vermelhos.
Segundo esta lenda a cor vermelha afasta o negativismo, atrai boa sorte, proteção e saúde.
Abração com carinho

Elza Ghetti Zerbatto














fonte de pesquisahttp://jornalmulier.com.br


gif cigana: http://ciadosgifs.blogspot.com.br



segunda-feira, 23 de abril de 2018

Leitura de mãos, uma arte antiga













Bom dia!

O povo cigano é repleto de mistérios e saberes ocultos, que fazem parte de sua cultura.
Entre estes vários conhecimentos está a leitura das mãos.
A mulher cigana aprende desde cedo a ler as mãos, cartas e também outras práticas divinatórias, com as mulheres mais velhas da família.
No entanto a leitura de mãos ou quiromancia, é uma prática que remonta segundo a Wikipedia, há aproximadamente 5.000 anos, de origem provável da Índia, e muito utilizada também na China, Tibete, Pérsia, Mesopotâmia e Egito.
No entanto o povo cigano, a tornou mais popular e difundiu-a ao redor do mundo.
O que para nós pode ser curiosidade, brincadeira, é trabalho para as ciganas, que utilizam essa técnica para ganhar dinheiro, e ajudar no sustento de suas famílias.
Hoje em dia quase não se veem mais ciganas nas ruas lendo, pelo menos aqui no Brasil.
Uma arte bastante complexa pois exige sensibilidade e conhecimento, estando associada á Astrologia, sendo que cada linha ou parte das mãos, tem ligação com determinado planeta.
O formato, tamanho das mãos e dedos, também tem seus significados.
Na figura que encontrei na Internet veremos a co-relação, entre os planetas e signos a cada dedo e palma das mãos.
Desejando a todos uma semana de muita paz e harmonia.
Abração com carinho
Elza Ghetti Zerbatto


Fonte de pesquisa: wikipedia

Imagem: https://pt.dreamstime.com


domingo, 8 de abril de 2018

O Dia dos Ciganos (Internacional Roma Day)



















Boa tarde!

Comemora-se hoje o dia Internacional do Povo Cigano.
Esta data foi criada durante o primeiro encontro de representantes desta etnia, em abril de 1971 na Inglaterra, mas que só foi oficializada em 1990.
Este evento é importante pois demonstra uma busca de preservar e valorizar mais a cultura, e também exigir o devido respeito que se deve a este povo que foi, e é discriminado e perseguido ao redor do mundo.
O ator Yul Brynner foi um ativista que muito lutou para que fosse criada essa data, e liderou uma grande campanha a favor dos Roma, ao qual era descendente.
Durante este evento foi instituído o hino Cigano Gelem Gelem, cuja tradução é Caminhei, Caminhei.
Segue a letra e tradução cuja fonte de pesquisa é da Wikipedia.
Desejando a todos uma semana de muita paz e harmonia.
Abração com carinho
Optchá!



Para ouvir basta clicar no link e será redirecionado:

https://www.youtube.com/watch?v=Hoo3e6sgok8




Gelem, gelem lungone dromensar galem
maladilem baxtale Rromençar
A Rromalen kotar tumen aven
E chaxrençar bokhale chavençar
A Rromalen, A chavalen
Caminhei, caminhei por longos caminhos
Encontrei afortunados roma
Ai, roma, de onde vêm
com as tendas e as crianças famintas?
Ai, roma, ai, rapazes!
Sàsa vi man bari familja
Mudardás la i Kali Lègia
Saren chindás vi Rromen vi Rromen
Maskar lenoe vi tikne chavorren
A Rromalen, A chavalen
Também tinha uma grande família
foi assassinada pela Legião Negra
homens e mulheres foram esquartejados
entre eles também crianças pequenas.
Ai, roma, ai, rapazes!
Putar Dvla te kale udara
Te saj dikhav kaj si me manusa
Palem ka gav lungone dromençar
Ta ka phirav baxtale Rromençar
A Rromalen, A chavalen
Abre, Deus, as negras portas
para que eu possa ver onde está minha gente.
Voltarei a percorrer os caminhos
e caminharei com os afortunados roma.
Ai, roma, ai, rapazes!
Opre Rroma isi vaxt akana
Ajde mançar sa lumáqe Rroma
O kalo muj ta e kale jakha
Kamàva len sar e kale drakha
A Rromalen, A chavalen.
Avante, roma, agora é o momento,
Venham comigo os roma do mundo
Da cara morena e dos olhos escuros
Gosto tanto como das uvas negras
Ai, roma, ai, rapazes![1]




imagem: https://br.depositphotos.com



quarta-feira, 4 de abril de 2018

Aniversário de um ano do blog Estação Cigana



Bom dia!
Há exatamente um ano atrás, eu fiz a primeira postagem aqui no Estação Cigana.
E como passou rápido!
Agradeço de coração aos seguidores amigos pelo carinho e divulgação.
Procuro sempre pesquisar bastante e verificar a idoneidade dos dados antes de fazer as postagens, e isto me rendeu uma surpresa boa que foi, ver meu blog sendo usado como referência para várias pessoas na internet.
Tudo aqui é feito com muita alegria e carinho, além do imenso respeito que tenho pelo povo cigano,  que tem tanto me ensinado.
Gratidão imensa a todos!  
Vem festejar comigo?
Optchá! 


Elza Ghetti Zerbatto








































Para comemorar com muita alegria e energia positiva, o primeiro ano no ar da Estação cigana basta clicar e será redirecionado a este belo álbum de músicas ciganas:
https://www.youtube.com/watch?v=ySaUx7RsC-A





E para fechar com chave de ouro, uma das minhas prediletas:
https://www.youtube.com/watch?v=mDhmKrW4F6Y


imagens: https://wallalphacoders.com



Carinhosa interação da poetisa Lúcia Silva:

O blog da Elza o Estação Cigana
Um ano hoje estar a comemorar
Faz um trabalho super bacana
Com os ciganos e sua cultura milenar.

Em forma de textos, imagens e poesia
Com muita fidedignidade e realeza
Nesse espaço encontramos sabedoria
Alegria de viver e o amor à natureza.

Desejo força, sucesso e confiança.
Para nessa linda missão continuar
Sendo transmissora de luz e esperança
E incentivo para essa cultura valorizar.

Receba o meu abraço bem apertado
Nessa ocasião de intensa felicidade
Sinta na face meu beijinho estalado
Expressão da minha sincera amizade.


segunda-feira, 26 de março de 2018

A ligação dos ciganos com o circo















                                                                     Palhaço Piolin










                                                                 Palhaço Arrelia






Bom dia!

No dia 27 de março comemora-se  o dia nacional do circo aqui no Brasil.
Mas o que tem a ver essa data com o circo e os ciganos?
Essa data é uma homenagem ao nascimento do palhaço Piolin, Abelardo Pinto Silva, que nasceu em 1897 em Ribeirão Preto e era de origem cigana.
Foi considerado por muito o "maior palhaço do mundo" tendo recebido homenagens na Semana de Arte Moderna em 1922.
Outro palhaço muito conhecido da etnia cigana é o palhaço Arrelia, que teve até um programa na Rede Record de Televisão em 1955.
O estilo de vida itinerante do circo e do povo cigano, são alguns dos muitos pontos em comum, que unem as duas culturas, por isso há tantas pessoas de origem cigana na vida circense.
Aqui em São Paulo neste mês de março na rede do Sesc, acontecerão vários eventos culturais que elucidarão melhor sobre a cultura cigana e arte circense.
Basta clicar no link e será direcionado.
http://centrodepesquisaeformacao.sescsp.org.br/atividade/ciclo-retratos-ciganos
Desejando  a todos uma semana de muita paz e harmonia.

Optchá!

Elza Ghetti Zerbatto




Fontes de pesquisa:


 http://centrodepesquisaeformacao.sescsp.org.br/atividade/ciclo-retratos-ciganos

https://vejasp.abril.com.br/blog/memoria/relembre-palhacos-historicos-brasileiros/




Imagem Palhaço Piolin: https://pt.wikipedia.org/wiki/Piolin

Imagem Palhaço Arrelia: 
https://br.pinterest.com/pin/469078117420341549/



O dia nacional do cigano e de Santa Sara Kali

Os dias 24 e 25 de maio, são duas datas importantes para o povo cigano. O dia de Santa Sara Kali, que é comemorado em todo mun...